PREFEITURA EXCLUI GUARDA CIVIL MUNICIPAL FILMADO EMBALANDO DROGA APREENDIDA EM NOVA SERRANA

97

A Prefeitura de Nova Serrana excluiu o Guarda Civil Municipal filmado embalando droga apreendida no município. A informação foi divulgada, na noite dessa quinta-feira (15), por meio de uma nota enviada pela Assessoria de Comunicação e assinada pelo gabinete do prefeito.

O governo municipal esclareceu, em nota enviada à imprensa, que o agente da Guarda Civil Municipal (GCM) de Nova Serrana, filmado em uma situação suspeita em um vídeo amplamente divulgado pela imprensa, não faz parte do quadro de servidores municipais desde 30 de junho de 2021.

A Prefeitura informou que o agente foi excluído, nessa quinta-feira (15), da última etapa do Concurso Público (Curso de Formação da Guarda Civil Municipal) “por prática de ato que possa importar em repercussão social de caráter negativo ou comprometer a função de Guarda Civil Municipal”, conforme previsto no Edital 001/2020.

O governo municipal finalizou a nota dizendo que conforme concluído na apuração preliminar dos fatos, as imagens e sua repercussão serão encaminhados ao Ministério Público (MPMG) para instruir uma investigação mais ampla por parte da polícia judiciária.

RELEMBRE O CASO

Um Guarda Civil Municipal de Nova Serrana foi filmado embalando droga. O vídeo, que viralizou nas redes sociais, foi ar na última quarta-feira (14) no Alterosa Alerta 2ª Edição.

A Prefeitura de Nova Serrana confirmou que o homem que aparece nas imagens é Guarda Municipal na cidade. O vídeo foi gravado em uma sala com um banner da Prefeitura. O  guarda aparece fracionando porções do que parece ser maconha e conversa sobre uma ocorrência com quem está filmando (VEJA O VÍDEO ABAIXO).

O braço de outro guarda aparece na imagem e após um tempo alguém joga mais drogas em cima da mesa.

Em nota, a Prefeitura informou que vai apurar o conteúdo das imagens expostas no vídeo trazido a público, reitera o compromisso com uma Guarda Civil Municipal qualificada e preparada, além de não compactuar com quaisquer ilegalidades cometidas por servidores municipais.

Vídeo: Redes Sociais

Foto: Reprodução