HOMEM É MORTO A TIROS NO SANTA LUZIA; PM TROCA TIROS COM SUSPEITOS E UM ACABA PRESO

21

Um homem de 34 anos foi morto a tiros, no Bairro Santa Luzia, na noite desse domingo. Foi o 15º homicídio registrado neste ano em Nova Serrana. Vídeos circulando em grupos de WhatsApp mostram o momento da perseguição, da troca de tiros e da movimentação de viaturas na porta da Upa.

Segundo a Polícia Militar (PM), dois indivíduos chegaram em uma moto, sacaram uma arma de fogo e atiraram na direção da vítima, que  foi socorrida com vida até a UPA, porém faleceu logo após dar entrada na unidade de saúde. A PM informou que o homem baleado tinha passagem pelo crime de tráfico de drogas.

Os militares saíram em rastreamento e viram dois indivíduos em uma moto. Após tentativa de abordagem, os suspeitos fugiram pelos Bairros São Geraldo e Industrial José Silva. 

Durante a perseguição, o homem que estava na garupa da moto sacou um revólver e atirou na direção dos policiais, que efetuaram disparos de arma de fogo para repelir a injusta agressão. Um morador registrou, do próprio celular, o momento da perseguição e da troca de tiros. Outro cidadão filmou a movimentação de viaturas na porta da Upa.

No Bairro Industrial José Silva, o piloto da moto perdeu o controle da direção, sendo que ele e o garupa caíram no chão, mas conseguiram fugir pulando os muros de algumas casas. 

Após rastreamento, os militares localizaram um dos suspeitos que, com uma faca em mãos, atingiu um dos policiais com um golpe em um dos dedos. O homem de 25 anos foi imobilizado. Segundo a PM, ele tem passagens por homicídio tentado, tráfico de drogas, entre outros crimes.

O suspeito foi preso e encaminhado à Delegacia, juntamente com a faca utilizada para atacar o militar e um celular encontrado nas proximidades apreendido. A moto usada na fuga foi removida para o pátio credenciado ao Detran.

A PM informou que continua as diligências para localizar o outro homem e a arma de fogo utilizada no crime. Caso algum cidadão tenha informação que leve a prisão do outro suspeito, que repasse via 190 ou através do 181 (Disque Denúncia Unificado).

Foto: PM / Divulgação

Vídeos: Redes Sociais / Reprodução