DEPUTADO FÁBIO AVELAR É RELATOR DE PROPOSIÇÃO QUE RECONHECE A REGIÃO DO CAMPO DAS VERTENTES COMO POLO MINEIRO DE MÓVEIS RÚSTICOS

44

O Projeto de Lei (PL) 4.878/2017, de autoria do deputado Cristiano Silveira, que reconhece a região do Campo das Vertentes como polo mineiro de móveis rústicos é aprovado, no último dia 24, na Comissão de Desenvolvimento Econômico após relatório apresentado pelo deputado Fábio Avelar.

“A exemplo das criações dos polos Calçadista, que tem Nova Serrana como sede, e de Moda, cujo município sede é Divinópolis, dos quais fui o autor dos projetos que culminaram nas Leis 22.451/2016 e 22.895/2018, a iniciativa em análise tem relevância econômica, pois possibilitará a divulgação comercial desse perfil regional voltado para os móveis rústicos”, garante o deputado Fábio Avelar.

O PL 4.878/2017, que objetiva o reconhecimento do polo de móveis rústicos, com municípios que integram o Campo das Vertentes, como Coronel Xavier Chaves, Lagoa Dourada, Nazareno, Prados, Resende Costa, Ritápolis, Santa Cruz de Minas, São João del-Rei, Tiradentes e também Barroso, Luminária e Antônio Carlos, já havia passado pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

“A região do Campo das Vertentes, que reúne diversas cidades históricas, apresenta tradição na produção de móveis rústicos, que mesclam características do barroco, do estilo colonial e do manejo de materiais como madeira de demolição, ferro e pedra. Com certeza, com a criação do polo, promoveremos o fortalecimento da cadeia produtiva, o incentivo à produção e à comercialização desse tipo de móvel, a promoção, o desenvolvimento e a divulgação de tecnologias aplicáveis ao setor. Além disso, o mesmo deve contribuir para a geração de empregos e para o aumento da renda da população envolvida, com ações voltadas para o setor, observados os princípios do desenvolvimento sustentável”, lembra o deputado Fábio Avelar.

Texto e Foto: Assessoria de Comunicação do Deputado Estadual Fábio Avelar

INFORME PUBLICITÁRIO